Sinestesia e Fotografia: uma união de sentidos!

O que é a Sinestesia?

A sinestesia é um fenômeno neurológico que pode ser descrito como a união dos sentidos. Certamente já experienciou sensações ao ouvir uma música, ler um livro ou degustar um alimento.

Mas quando falamos de pessoas com sinestesia (dependendo do tipo) algumas podem dizer que o início de uma música parece azul, enquanto o refrão se torna vermelho escuro, ou que conduzir um carro desportivo sabe a morango, e ver uma pintura de Van Gogh faz cócegas na barriga.

 

Por outras palavras, podemos dizer que a sinestesia é uma figura de estilo, combinação de palavras que numa única expressão aborda diferentes sensações percebidas por diferentes órgãos dos sentidos. É a produção de uma ou mais sensações sob a influência de um só estímulo.

 

Pode acontecer com cores, cheiros, sabores e texturas: pessoas com sinestesia experimentam essas combinações de forma natural, sendo que apenas 4% da população mundial o consegue fazer. Contudo alguns estudos comprovam que todos nascemos com esta potencialidade e a mantemos nos primeiros meses de vida.

 

De certa forma, muitas pessoas sem sinestesia usam a linguagem de maneira sinestésica. Quando descrevemos a cor vermelha como uma cor quente, ou dizemos que um sorriso é amarelo ou quando uma palavra parece suave para nós. Mesmo que o nosso cérebro não experiencie isso, podemos usar a mistura de sentidos como inspiração, e fazemos isso inconscientemente.

Fotografia e percepção

Quando observamos uma imagem podemos conectá-la com diferentes sentidos de forma intencional e isso vai permitir ao observador uma experiência expansiva da sua vivência e percepção. Observar uma imagem ao som de uma música clássica é diferente de observar a mesma imagem ouvindo rock. Num caso posso aceder a emoções positivas e em outro a emoções mais energéticas. 

 

Se nos focarmos em usar todos os nossos sentidos quando observamos uma imagem, podemos ter reflexões e acessos neurológicos que de outra forma não seriam possíveis. Ao estimularmos neurologicamente a perceção de dois sentidos em simultâneo promovemos experiências únicas na forma como observamos os estímulos. 

E o que tudo isto tem a ver com Points of You®

Ao colocarmos questões como as que se seguem estamos a estimular intencionalmente o uso dos 5 sentidos na perceção de um estímulo.

 

Que sons esta imagem lhe transmite?

Que sentimentos e emoções associa a esta imagem?

Quais os sabores que sente ao observar esta imagem?

Quais as cores que mais chamam a sua atenção?

E quais as vantagens de o fazer:

1- Estimular a criatividade e a imaginação

2- Criar novas associações neurológicas

3- Tudo o que experienciamos usando os sentidos tende a ter mais durabilidade

4- Estimular as nossas emoções e promover insights

5- Ativar novas perspectivas de observação de estimulos



Poder estimular com imagens o sentido da visão conectando-o neurologicamente com a ativação de outros sentidos permite transformar meros estímulos visuais em emoções no nosso cérebro, trespassando a imagem para o nosso mundo interior.

Por isso este mês desafiamo-lo/a a estimular os seus sentidos sempre que observar uma imagem ….

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se ao debate?
Esteja à vontade para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *